Consórcio Metropolitano inicia operação para assegurar um serviço de transporte eficiente e regular à população de Bayeux

0

A cidade de Bayeux começa a vivenciar, neste sábado (25), uma nova realidade em seu transporte público com o início das operações do Consórcio Metropolitano. Formado pelas empresas Reunidas, Santa Maria, Santa Rita e Das Graças, o consórcio disponibilizará, de imediato, 31 ônibus novos e seminovos, que cobrirão, simultaneamente, as cinco linhas de transporte intermunicipal de passageiros entre Bayeux e João Pessoa, garantindo ainda a continuidade do sistema de Integração entre as duas cidades, além da meia passagem para os estudantes e das gratuidades para as categorias que têm direito ao benefício.

Na manhã desta sexta-feira (24), parte da frota foi apresentada a Imprensa e à população de Bayeux, na Avenida Liberdade, com a presença do governador Ricardo Coutinho, dos empresários representantes das empresas consorciadas, do superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB), Carlos Pereira, entre outras autoridades. O prefeito Berg Lima também esteve presente à solenidade. “O acordo firmado pelo Governo do Estado, através do DER, assegura à população de Bayeux um direito básico que é o de ter um sistema de transporte eficiente, regular e seguro, operado por empresas que já tem serviços prestados nessa área”, disse o governador Ricardo Coutinho.

O chefe do executivo estadual também fez referência ao benefício da Integração Metropolitana, que permitirá que passageiros de Bayeux, quando integrem em João Pessoa e vice versa, possam pagar 50% da tarifa na segunda viagem. “Isso é uma conquista da população que só pode ser garantido com o equilíbrio do sistema de transporte, e isso se faz, necessariamente, quando se dá condições às empresas de renovar frota, manter salários em dia e prestar bons serviços, através de uma tarifa justa que permita esse equilíbrio”, reiterou o governador, referindo-se ao reajuste no valor das passagens que passou de R$ 2,70 para R$ 3,00.

O empresário Alberto Pereira, um dos integrantes do consórcio Metropolitano, falou do desafio de resolver os problemas do transporte público de Bayeux. “É um grande desafio para o setor assumir o transporte de Bayeux, que nos últimos anos enfrentou muitas dificuldades, mas, estamos prontos para cumprir nossa missão que é assegurar um transporte público de qualidade, com regularidade”, destacou Alberto.

O superintendente do DER, Carlos Pereira, explicou que as empresas integrantes do consórcio Metropolitano atenderam um chamamento emergencial do DER, em função do descredenciamento da empresa Metro. “Precisávamos resolver urgentemente o problema de ônibus em Bayeux e o consórcio foi a solução encontrada de imediato para garantir a operação das linhas e os serviços à população. Nós próximos 180 dias faremos uma licitação para regularização em definitivo dos serviços”, destacou Carlos Pereira.

O operador de empilhadeiras, José Soares Coqueijo, morador do bairro do SESI e usuário do sistema de transporte elogiou a iniciativa do consórcio e disse que está esperançoso de que Bayeux, enfim, tenha um serviço de transporte de qualidade. “Já sofremos muito com ônibus velhos, em má estado de conservação, que atrasava muito e agora eu estou vendo aqui ônibus novos, com mais conforto, que atendem os deficientes. Estou feliz. Agora, é ver na prática as melhorias”, disse José.

As quatro empresas do consórcio vão atuar simultaneamente, ou seja, realizando todas as rotas que incluem as linhas: João Pessoa/Bayeux (Aeroporto); João Pessoa/Bayeux (Jardim Aeroporto); João Pessoa/Bayeux (Imaculada), João Pessoa/Bayeux (Tambaí) e João Pessoa/Bayeux (Mário Andreazza). Dos 31 ônibus da frota, 27 ficam na operação e quatro ficam nas garagens como frota reserva, para substituição caso haja algum problema com o ônibus que esteja operando a linha. Mais de 90% da frota é composta por ônibus eficientes, dotados de plataformas elevatórias.

Segundo o empresário Alberto Pereira, as equipes de tráfego do consórcio já estudam novas rotas e melhorias no sistema de transporte de Bayeux. “Nossos técnicos, junto com o pessoal do DER, já avaliam outras possibilidades que podem melhorar o serviço oferecido à população”, disse ele, que também opera em João Pessoa, Cabedelo, Campina Grande e outros estados.

Fonte: News Comunicação / Recebido por e-mail.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2017 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado