Deputado Artur Filho foi um dos parlamentares que assinou documento entregue ao ministro da Integração Nacional

0

Artur Filho também participou da solenidade com o ministro Helder Barbalho,

realizada nesta segunda-feira (30), em Campina Grande

 

Um dos pontos altos do encontro realizado no final da tarde desta segunda-feira (30), em Campina Grande,  com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho e políticos paraibanos, foi a entrega de um documento assinado por 26 deputados estaduais que propunha ações emergenciais de combate a seca e indagava ao ministro questões sobre a paralisação das obras do Eixo Norte e sobre outras ações complementares do projeto de Transposição. O deputado Artur Filho (PRTB) foi um dos parlamentares que prestigiou a solenidade e assinou o documento, que foi entregue ao ministro pelos deputados Jeová Campos, Gervásio Maia e Renato Gadelha.

O documento continha questionamentos sobre a retomada das obras dos trechos 3, 4 e 8, dos lotes responsáveis pela captação de água do Rio São Francisco, em Cabrobó (PE), até o início do reservatório Jati, em Jati (CE), paralisadas desde junho do ano passado, o prazo para concluí-la, sobre o projeto de construção do canal que interligará a barragem de Caiçara ao açude de Engenheiro Avidos, em Cajazeiras, o prazo para conclusão das obras do Eixo Leste e ainda sobre o projeto de inclusão das obras do Eixo Piancó/Coremas/Piranhas, que atenderá a região do Vale do Piancó.

O ministro respondeu aos questionamentos e destacou que o prazo dado para que a empresa conclua as obras do Eixo Leste, que garantirão a chegada das águas da transposição no reservatório de Poções,  em Monteiro (PB), será dia 06 de março. O ministro disse ainda que a chegada das águas no açude Epitácio Pessoa, conhecido como Boqueirão, em Campina Grande, (CG), acontecerá até abril. Quanto a definição da empresa que assumirá as obras do Eixo Norte, Helder Barbalho disse que isso ocorrerá até amanhã (01) e que assinará a ordem de serviço no início de março. O  ministro divulgou ainda que em agosto, Jati, no Ceará, e em dezembro, Piranhas, na Paraíba estarão com as águas da transposição. Quanto ao projeto do Vale do Piancó, o ministro referiu-se a necessidade de uma emenda de bancada para ser viabilizado. Na ocasião, o ministro assegurou recursos para diversas obras hídricas, tanto para a prefeitura de Campina Grande, quanto para o Governo do Estado.

De acordo com o deputado Artur Filho, o ministro mostrou compromisso e firmeza nas colocações.”Ele me pareceu muito seguro, mostrou conhecimento sobre todas as etapas da obra, não deixou pergunta sem resposta e ainda assegurou recursos para obras complementares que são fundamentais para que a transposição cumpra o seu papel de levar água aos paraibanos, de forma, que avalio como muito positivo o encontro”, finaliza Artur.

Fonte: Recebido por e-mail da News Comunicação

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2017 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado