Folha do Valentina Figueiredo: Prefeitura planta 3,5 mil árvores em área de Mata Atlântica no Valentina Figueiredo

0

Como forma de compensação ambiental pela realização do São João Pra Valer, no Busto de Tamandaré, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) começou, nesta quarta-feira (9), o plantio de 3,5 mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, na área de remanescente florestal da Bacia Hidrográfica do Rio Gramame, próximo ao Parque Cowboy, no Valentina Figueiredo. O trabalho faz parte do programa “João Pessoa Carbono Zero”, coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente (Semam).

Estão sendo plantadas mudas de pau brasil, sibipiruna, ipês (amarelo e roxo), sucupira, cupiúba, jatobá, oitizeiro, freijó, pau formiga e palmeira, em uma área de 2,2 hectares de extensão, localizada nas proximidades do loteamento Parque do Sol, próximo ao leito do rio Gramame. Apesar de figurar como área verde, o local vinha sofrendo com a degradação provocada pelo descarte ilegal de restos de material de construção e lixo.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Edilton Rodrigues Nóbrega, a iniciativa do plantio vai permitir a captura de 695 toneladas de carbono, o equivalente a 8,87 vezes o volume de CO2 (gás poluente) no custo de R$ 97.662.

O cálculo para a medida de compensação ambiental levou em consideração a emissão de CO2 em todas as atividades relacionadas ao São João Pra Valer.  “São ações constantes que estamos colocando em prática, com plantios de árvores em diversas partes da Capital. O combate ao carbono é fundamental e outras áreas serão beneficiadas para um controle maior do meio ambiente”, avaliou.

O chefe da divisão de Arborização e Reflorestamento da Semam, Ânderson Fontes, explicou que a área trabalhada passou por uma limpeza geral e foi cercada pela PMJP. Além disso, parte das mudas usadas no plantio foi cultivada no Viveiro Municipal, no Valentina.

Segundo ele, todos os anos, 45 mil mudas de diversas espécies originárias da Mata Atlântica são destinadas às áreas de reflorestamento em praças, canteiros centrais da cidade e distribuição para a população. “O objetivo é incentivar e estimular as pessoas de todas as idades a plantar e cuidar da sua árvore. Queremos manter o verde numa cidade bastante arborizada, mais que requer maiores cuidados com sua preservação”, disse Ânderson Fontes.

Estimulada pala mãe, Socorro da Silva, moradora do Valentina Figueiredo, a garota Maria Sofia, de 5 anos, esteve no local e plantou uma árvore. “Interessante que ela pediu para vir e ajudar. Uma iniciativa importante que a Prefeitura da Capital está fazendo em prol do verde da cidade”, observou Socorro da Silva.

Para Gabriel de Holanda Lima, de 9 anos, morador do mesmo bairro, preservar as plantas é essencial para que a vida se torne saudável. “Gosto da natureza e quero ajudar para que minha cidade tenha mais plantas”, frisou.

Lançamento – Até o final do ano, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, estará lançando o Inventário do Carbono. O objetivo é mapear com mais rigor o gás poluente (CO2) de cada evento, festas tradicionais, como o Carnaval, São João, Natal, Réveillon e shows que ocorrem em todas as partes da Capital.

Na avaliação do secretário da Semam, Edilton Rodrigues Nóbrega, será uma forma de ter uma maior fiscalização com relação ao CO2 e tentar equilibrar o meio ambiente com ações que possam capturar toneladas de carbono que venham acontecer nos eventos. “Teremos uma fiscalização mais rigorosa para combater o gás poluente e buscar alternativas para resolver a questão. Acredito que nos próximos meses estaremos colocando em prática para que possamos ter um equilíbrio ambiental saudável”, avaliou.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2017 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado