Governo do Estado realiza II Encontro Estadual do Programa Água Doce

0

Será realizado nesta sexta-feira (10), o II Encontro Estadual do Programa Água Doce na cidade de Campina Grande. O evento está marcado para iniciar as 9h, no auditório da Universidade Estadual da Paraíba, no prédio da Central de Aulas.  O evento tem como objetivo reunir integrantes da coordenação nacional e estadual do programa, prefeitos, secretários municipais, além de representantes das comunidades contempladas com sistemas de dessalinização em funcionamento e os que estão em obras.

O evento será aberto ao público e entre os principais temas que serão abordados no encontro estão a execução do programa Água Doce na Paraíba demonstrando os diferentes estágios de desenvolvimento do programa debatendo atuação dos componentes: mobilização social, dessalinização, obras civis e sustentabilidade ambiental.

O público ainda vai poder acompanhar esclarecimentos sobre como aderir ao Água Doce, a forma de gestão, horários de funcionamento, cadastros das famílias, entre outros assuntos.

Analistas ambientais e consultores do Ministério do Meio Ambiente (MMA) já estão na Paraíba para participarem do encontro. De acordo com analista ambiental do MMA,  Samuel Coelho Rodrigues, a Paraíba vem se destacando na execução do Programa. “A Paraíba vai ser o primeiro Estado brasileiro a receber o Encontro Estadual Água Doce e eu fico feliz com o empenho do Estado em executar bem o programa. Visitei os Sistemas e percebo que as obras vêm sendo bem executadas, destacando positivamente a Paraíba por isso”, acrescentou.

Na Paraíba, 37 municípios serão contemplados com o Água Doce. O programa tem como principal objetivo levar água de qualidade para o consumo humano, extraindo o excesso de sais existentes nas águas subterrâneas, através do sistema de dessalinização. A meta é construir 93 sistemas de dessalinização beneficiando aproximadamente 50 mil pessoas do Semiárido paraibano. Até o momento, o Governo do Estado já investiu mais de R$ 2.500.000,00 no Água Doce.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e tecnologia, João Azevedo, o Estado está empenhado para executar o convênio. “Tivemos diversas reuniões internas com a coordenação estadual do programa, fiscais do Ministério do Meio Ambiente e também com a Fundação de Apoio a Pesquisa da Paraíba, a Fapesq, para que a gente possa agilizar a execução do Água Doce e atingir a meta de construção dos 93 sistemas de dessalinização o mais rápido possível”, ressaltou.

O programa Água Doce é uma ação do Governo Federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com cerca de 200 instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, que atende prioritariamente comunidades rurais localizadas no Semiárido Brasileiro e faz parte do Programa Água para Todos do Plano Brasil Sem Miséria.

Para um município ser contemplado com o Programa Água Doce, é necessário atender alguns critérios como: 1 – IDH municipal (PNUD); 2 – Taxa de mortalidade de crianças menores de um ano por mil habitantes por município (DataSUS); 3 – Pluviometria (mm/ano); 4 – Intensidade da pobreza.

Na Paraíba, o Programa Água Doce é Executado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia através da Fundação de Apoio a Pesquisa, Fapesq.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2017 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado