Governo participa de discussão sobre implantação de novos cursos nas escolas técnicas federais

0

As seis unidades do Instituto Federal de Educação (IFPB) que serão implantadas na Paraíba a partir do próximo ano deverão capacitar profissionais que consigam atender demanda do mercado local, conforme discussão feita na reunião realizada nessa segunda-feira (6), sob a coordenação da Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), que vai orientar os novos campi na concepção de cursos nesse sentido.

De acordo com o secretário Lindolfo Pires, o Plano de Desenvolvimento Econômico e Social Sustentável para os Arranjos Produtivos Locais do Estado da Paraíba (Plades), coordenado pela secretaria, vai realizar um mapeamento no Estado e orientará na implantação dos centros de ensino técnico de acordo com as vocações de cada região. Os centros serão sediados em Guarabira, Serra Branca, Campina Grande, Sousa, Patos e Itaporanga.

A articulação de nova concepção das escolas técnicas na Paraíba também está sendo feita pela Secretaria de Estado de Educação e Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, que reconheceram no Plades um instrumento articulador para promover o desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) na Paraíba. “Não podemos preparar um profissional, sem pensar na sua inserção no mercado de trabalho, pois o desenvolvimento local passa pela geração de emprego e renda”, lembrou Lindolfo Pires.

As duas secretarias de governo e o Governo Federal deverão promover na primeira semana de abril um seminário para discutir os APLs das regiões que receberão as novas escolas técnicas, em data a ser divulgada.

“Se Sousa se destaca como pólo produtor de laticínio, temos que pensar num campus que ofereça uma grade curricular voltada para esse mercado”, disse o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2017 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado