Paraíba poderá firmar projetos na área de desenvolvimento científico-agrícola-tecnológico com o governo de Israel

0

A reunião do ministro e Encarregado de Negócios da Embaixada de Israel no Brasil, Itay Tagner, com o secretário de Agricultura Rômulo Montenegro e representantes de entidades ligadas ao setor agrícola paraibano, a exemplo da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), na manhã desta terça-feira (07), pode se concretizar em projetos na área  de desenvolvimento científico-agrícola-tecnológico que podem trazer soluções para a convivência com a seca extrema no sertão, semiárido e outras regiões da Paraíba que sofrem com a escassez hídrica. O encontro aconteceu no Palácio da Redenção.

Falando em Inglês e se fazendo entender através de uma interprete, o ministro destacou que a concretização dessa parceria é importante para a Paraíba, porque o foco é desenvolver soluções que atendam às necessidades do Semiárido brasileiro. “A região semiárida brasileira é muito similar a Israel que tem 70% de deserto, enquanto aqui há 80% de área no semiárido. Nós temos muitas similaridades e ainda o conhecimento e detemos a tecnologia e podemos formalizar projetos de cooperação de reuso da água, tratamento, irrigação, produção tecnológica, dessalinização entre outros. Estou aqui para conhecer a realidade, levar propostas adiante e consolidar a cooperação”, declarou o ministro, que além de diplomata também é produtor rural em seu país.

O secretário Rômulo Montenegro, que coordenou a reunião, destacou a importância da formalização de projetos de cooperação entre os governos de Israel e da Paraíba, enaltecendo que a concretização desta parceria tem, necessariamente, que levar em consideração a realidade econômica da região. “Vamos estudar formas de nos ajudar mutuamente para aquisição de tecnologia, levando em consideração a realidade econômica local já que investimentos nesta área normalmente são muito altos”, reiterou Rômulo. Na ocasião, o secretário lembrou da importância do setor sucroenergético paraibano, que já usa tecnologia bem avançada de irrigação em suas lavouras e também  apresentou ao ministro o Zoneamento Pedoclimático da Área do Canal das Vertentes Litorâneas da PB (ZON).

Para o produtor e diretor da Asplan, Pedro Jorge, que representou a Associação canavieira na reunião, o encontro foi proveitoso e pode se constituir, em um futuro próximo, na formalização de parcerias que sejam importantes para o desenvolvimento da Paraíba. “Há muitas similaridades de clima entre Israel e a Paraíba, eles detêm importantes tecnologias, estão dispostos a firmar parcerias e o governo da Paraíba e toda a cadeia produtiva têm tudo para se unirem para formalização de projetos de cooperação que podem trazer dividendos importantes para o nosso Estado”, finalizou Pedro Jorge.

Fonte: Recebido por e-mail: News Comunicação

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2017 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado