Rede Municipal de Saúde oferta mamografias durante todo o ano

0

Por Rebeka Paiva

O câncer de mama é uma das doenças que mais acomete o público feminino e a mamografia é o método mais eficaz para detectar a doença. Mesmo assim, muitas mulheres procuram o auxílio médico e a realização do exame apenas em outubro, mês oficial de prevenção ao câncer de mama, durante a campanha do ‘Outubro Rosa’. Dia 5 de fevereiro é o Dia Nacional da Mamografia.

Mas o cuidado com a saúde e a busca pela prevenção de doenças, principalmente o câncer de mama, deve ser feito durante todo o ano. Por isso a Secretaria Municipal de Saúde, visando sempre ofertar um cuidado integral à saúde da mulher, oferta ao longo do ano exames de mamografia às usuárias do Sistema Único de Saúde da Capital. Por mês, são disponibilizados 5,2 mil exames de mamografias.

“A campanha do Outubro Rosa é importantíssima, mas infelizmente muitas mulheres só buscam se cuidar durante esse mês e esquecem que esse cuidado precisa ser contínuo, pois as doenças, principalmente o câncer de mama, não tem um mês especifico para aparecer”, ressalta a assessora técnica da Saúde da Mulher da SMS, Fabiana Lima.

Para ter acesso ao exame, a porta de entrada é a atenção básica, por meio das Unidades de Saúde da Família (USFs). A usuária deve se dirigir à USF mais próxima de sua residência, chegando ao local passará por consulta médica e quando verificada a necessidade do exame é direcionada de forma regulada, aos serviços conveniados que realizam o procedimento na Capital.

No ano de 2016, a Rede Municipal de Saúde realizou 28.002 exames de mamografia. Apenas no mês de janeiro de 2017 já foram realizadas 1.947. Dados do Sistema de Informação do Câncer (Siscan) mostram que, em 2016, foram registrados 41 óbitos em decorrência do câncer de mama. Já em 2015, o número havia sido maior com 66 óbitos.

De acordo com Fabiana Lima, mesmo o número de óbitos por câncer de mama em 2016 tendo sido menor em relação ao ano anterior é importante manter os cuidados com a saúde em dia. “Muitos desses óbitos foram evitados, pois as mulheres puderam descobrir antes a doença, mas essa redução é reflexo também do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Saúde, sobretudo com a oferta de serviços e exames voltada à saúde da mulher durante todo o ano”, comenta a assessora técnica da Saúde da Mulher.

Fabiana Lima ressalta ainda que a doença é relativamente rara antes dos 35 anos, porém em mulheres com idade abaixo dos 40 anos a incidência vem crescendo bastante. “É importante que todas as mulheres, com menos e mais de 40 anos, sempre examinem as mamas, com o autoexame, após a menstruação e procurem a USF para realização do exame clínico. Já as mulheres acima de 50 anos devem realizar mamografia anual ou conforme orientações médicas”, alerta.

Para auxiliar na prevenção e diagnóstico do câncer de mama, além da mamografia, a Secretaria Municipal de Saúde oferece exames de ultrassonografia, biópsia, punção e, em ultimo caso, cirurgias.

Câncer de mama – É o tipo mais frequente de câncer entre as mulheres brasileiras. Nesta doença, as células da mama se desenvolvem de forma anormal, se multiplicando rapidamente. O câncer de mama é uma doença silenciosa, que pode apresentar um caroço na mama e pode vir acompanhado ou não de dor. Em alguns casos, pode haver alteração na pele da mama, com aparência de casca de laranja e também podem aparecer caroços na região das axilas.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2017 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado