Diferença entre tinta sublimática, pigmentada e corante

0

por Marco Lang

Se você já foi comprar tintas em alguma loja especializada em insumos para impressoras com certeza já se deparou com a pergunta: “Quer tinta corante, pigmentada ou sublimática?”. Se você gaguejou na hora e não soube o que responder, não tem problema, aqui no Estampa Web vamos lhe explicar de forma bem detalhada o que é e para que serve cada uma dessas tintas.

Tinta corante

Vamos começar pela mais clássica das tintas, a tinta corante. Digo clássica pois a tinta corante é o padrão que vem com a maioria das impressoras de marcas famosas que encontramos nas lojas.

Bom, pelo simples fato de vir junto com as impressoras você já pode se imaginar que das três a tinta corante é a mais barata, e consequentemente a de menor qualidade. Essa menor qualidade acaba refletindo no resultado da impressão, deixando os impressos menos duráveis, pois as tintas corantes não são à prova d’água nem possuem proteção UV.

Se você está pensando em estampar, as tintas corantes não são uma opção a considerar. Utilize-as somente para imprimir documentos, trabalhos escolares, etc.

  • Pontos fortes da tinta corante: preço baixo, cores mais vibrantes;
  • Pontos fracos da tinta corante: sem proteção UV e proteção contra água, ou seja, desbotam e borram mais facilmente.

Tinta pigmentada

Uma das características mais interessantes da tinta pigmentada é que quando impressa ela se “gruda” sobre o papel, diferente da tinta corante que penetra nele. As pigmentadas ainda são resistentes à luz e à água, o que garante que se você imprimir suas fotos com essas tintas poderá guarda-las por anos que elas não vão borrar nem desbotar como as fotos impressas com tinta corante.

Essas características possibilitam o uso da tinta pigmentada para estamparia se combinada com o papel transfer, apesar desta tinta não ser específica para esse uso.

O que eu acho desse uso das pigmentada com o papel transfer? Apesar de muitas pessoas usarem as tintas pigmentadas com papel transfer para estampar camisetas em algodão, para ser sincero eu nunca vi uma estampa realmente boa feita desta forma. Geralmente elas ficam duras e quebram logo com as lavagens, pois diferente da sublimação que “pinta” as malhas e tecidos, no caso do papel transfer ele somente gruda sobre a camiseta.

  • Pontos fortes da tinta pigmentada: durabilidade (pesquisas já comprovaram que se o papel for de alta qualidade e as condições de armazenamento forem propícias essas impressões podem durar até 200 anos);
  • Pontos fracos da tinta pigmentada: cores menos vibrantes e preço mais alto.
    Comprou tinta e não sabe se ela é pigmentada ou corante? Veja no vídeo abaixo como diferenciar

Tinta sublimática

As tintas para sublimação, que aqui no texto chamo de tintas sublimáticas, são mais caras que as pigmentadas e corantes, principalmente devido ao seu processo mais “complicado” de fabricação.

Como o próprio nome já diz, elas são exclusivas para sublimar, ou seja, primeiro você imprime elas em papel e depois com o auxílio de uma prensa térmica transfere a impressão para outro substrato, seja ele uma camiseta, um chinelo, uma caneca, etc. Jamais utilize essas tintas para imprimir fotos, documentos e trabalhos, pois a qualidade deixará a desejar.

Não sabe o que é sublimação? Assista o vídeo a seguir:

Esse tipo de tinta pode ser considerada relativamente nova e por isso é difícil encontrar impressoras que venham de série aptas a utilizar tinta para sublimação. O resultado disso são milhares de pessoas instalando os famoso kits sublimáticos em suas impressoras domésticas, que apesar de não terem sido fabricadas para isso quebram o galho.

Mas atenção, nem toda impressora pode ser adaptada para utilizar tinta sublimática. Por exemplo, devida as características das cabeças de impressão as Epson aceitam tinta para sublimação, enquanto que as HP não.

  • Pontos fortes da tinta sublimática: ótima para estamparia;
  • Pontos fracos da tinta sublimática: cores pouco vibrantes e poucas impressoras que aceitam essa tinta sem danificar o equipamento.

Posso usar os 3 tipos diferentes de tinta na mesma impressora?

Algo que muitas pessoas tentam é usar tinta corante, pigmentada e sublimática na mesma impressora. Eu não recomendo isso, pois o serviço de ficar trocando as tintas e o risco de estragar a cabeça de impressão é muito alto.

Se quiser trabalhar com esses três tipos de tintas recomendo que compre 3 impressoras diferentes. Aparentemente pode parecer mais caro, porém posso te garantir que no longo prazo você economizará dinheiro e muitas noites de sono.

Conclusão

Agora que você já sabe os pontos fortes e fracos de cada tinta consegue chegar a conclusão de que:

  • Se sua ideia é imprimir em papel comum e ter baixo custo de impressão, use Tinta Corante;
  • Se quer que suas impressões em papel durem anos ou quer imprimir em papel transfer para estampar, use Tinta Pigmentada;
  • E se quer criar estampas com sublimação use Tinta Sublimática.

Uma ressalva importante é quanto à qualidade dos materiais que existem no mercado. Por exemplo, você vai encontrar tinta sublimáticas de todos os valores, e consequente de qualidade diferente. Não compre somente baseado no preço, procure se informar se a marca tem qualidade, pois a durabilidade de seus equipamentos vai depender diretamente disso.

Para você ter uma ideia, quando comecei a trabalhar com sublimação usei uma tinta de preço médio que acabou entupindo o cabeçote da minha plotter, me gerando milhares de reais de prejuízo. Achei que estava fazendo economia mas acabei me ferrando.

Fonte: STAMPA WEB – por Marco Lang

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário

Copyright © 2003 - 2018 - Portal Folha do Valentina Notícias - Rádio, TV Jornal Jampa Notícias - TV JAMPA - Petrúcio Prado